Mulher presa em Porto ALegre (RS) por protestar contra Bolsonaro
Reprodução Twitter
Mulher presa em Porto ALegre (RS) por protestar contra Bolsonaro

Durante a motociata do presidente da República, Jair Bolsonaro , em Porto Alegre, uma mulher foi presa por "bater panela" . Betina de Jesus, de 47 anos, publicou um vídeo onde diz ter regido a " desaforo " de bolsonaristas no cruzamento entre as avenidas João Pessoa e Venâncio Aires.

"A Brigada em momento algum me maltratou , fizeram o trabalho deles porque estava alterada e eu reagi ao ataque de um motociclista do Bolsonaro que me parou para me dizer desaforo porque eu estava no meu livre direito de manifestação", explicou.

"Só não vou deixar de me indignar contra a situação do país, vou continuar me manifestado só vou tentar ter mais controle agora das próximas vezes para não ir presa, ser presa é perda de tempo", completa.

A Brigada Militar do Rio Grande do Sul disse que a mulher tentou chutar motociclistas. Ela foi liberada na noite de ontem (10) após prestar depoimento. 

O governador Eduardo Leite confirmou a versão dos policiais. "Relatos são que a manifestante foi abordada e solicitada por diversas vezes a se afastar do leito da via, de forma a evitar acidente. Apesar das tentativas de afastar a mulher, ela desobedeceu a ordem, desacatou as PMs que a abordaram, tentou chutar motociclista e manteve ameaças", disse em nota.

Vídeo:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários