Casa Civil divulga balanço com dados imprecisos e diz que governo tem se esforçado para enfrentar a pandemia
Agência Brasil
Casa Civil divulga balanço com dados imprecisos e diz que governo tem se esforçado para enfrentar a pandemia

No mesmo dia em que o Brasil ultrapassou a marca de 500 mil mortes por Covid-19 , o Ministério da Casa Civil divulgou um balanço com dados imprecisos das ações do governo federal no enfrentamento à pandemia de coronavírus, no qual ressalta que mais de 110 milhões de doses de vacinas contra a doença já foram enviadas a todos os estados. A pasta é comandada pelo ministro Luiz Eduardo Ramos .

"O governo do presidente Jair Bolsonaro completa, neste dia 19 de junho, 900 dias de ações com foco no enfrentamento à pandemia de Covid-19. Muitos esforços têm sido direcionados para as ações de promoção à saúde e também para a retomada do crescimento econômico do País", diz trecho do texto.

O documento ressalta que o Brasil é o quarto no ranking mundial de vacinação, mas só leva em consideração números absolutos. O país, na verdade, aparece em 67º lugar considerando a aplicação de doses da vacina contra Covid-19, na relação a cada 100 habitantes.

"Mais de 110 milhões de doses de vacinas contra a doença já foram enviadas a todos os estados brasileiros, o que coloca o País em quarto lugar no ranking mundial de países que mais aplicam vacinas contra a Covid-19. Até o fim do ano, todos os brasileiros, que assim o desejarem, serão vacinados", afirma o documento.

Em alinhamento ao que foi publicado pelo ministro das Comunicações, Fabio Faria, o governo tenta se contrapor com notícias positivas ao fato de que o país atingiu meio milhão de mortos em decorrência do novo coronavírus neste sábado. O país é o segundo no mundo em número de óbitos pela doença. Nas redes sociais, Faria criticou aqueles que estão "lamentando" o número, e disse que eles "nunca irão comemorar" as 86 milhões de doses aplicadas.

No momento, cerca de 11,5% dos brasileiros receberam duas doses da vacina. Levando em conta o baixo isolamento social atual, o índice de vacinação mínimo para frear a pandemia é acima de 40%, diz o grupo Ação Covid-19, que envolve diversos especialistas em modelagem matemática. Se o isolamento cair a zero, o grupo afirma que seria preciso 70% da população imunizada (ou sobrevivente de infecção prévia) para conter o coronavírus.

Após o Amazonas ter enfrentado o colapso no sistema de saúde no início do ano, a Casa Civil ressaltou, ainda, que "coordenou reuniões de apoio do Governo Federal a estados e municípios na logística de distribuição de oxigênio medicinal para unidades de atendimento à saúde".

"Por meio do Plano Oxigênio Brasil, somente neste ano, foram distribuídos aproximadamente 500 mil metros cúbicos de oxigênio para estados e municípios. Além disso, foram autorizados mais de 24 mil leitos de UTIs e outros 3.900 de suporte ventilatório pulmonar. Foram distribuídas 3,6 milhões de unidades de medicamentos de Intubação Orotraqueal (IOT)", destacou a nota.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários