Em mais de uma ocasião, Trump questionou sem provas a legitimidade do processo eleitoral
GETTY IMAGES
Em mais de uma ocasião, Trump questionou sem provas a legitimidade do processo eleitoral

Donald Trump estaria articulando o anúncio de vitória das eleições dos Estados Unidos na noite da próxima terça-fera, mesmo que o resultado final ainda dependa de milhões de votos não contabilizados. A informação é do portal norte-americano Axios.

De acordo com reportagem, a estratégia do presidente consiste em anunciar publicamente a vitória para, depois, contestar nos tribuinais a contagem dos votos enviados pelo correio. O presidente, porém, negou sobre antecipar o anúncio de vitória, porém afirmou que "nós devemos saber o resultado da eleição na noite de 3 de novembro. É assim que tem sido, é assim que deveria ser".

Em outras ocasiões, Donald Trump já chegou a sugerir, sem apresentar evidências, irregularidades no processo eleitoral. "Assim que a eleição acabar, nós vamos entrar com nossos advogados. Se as pessoas queriam votar, deveriam ter enviado seus votos muito antes", afirmou o presidente.

Este ano, os EUA registraram um recorde inédito de votos antecipados, com 90 milhões de norte-americanos votando antecipadamente. Somente da Pensilvânia, a estimativa é de um volume de votos dez vezes maior do que o registrado em 2016. A quantidade deve atrasar os resultados devido ao tempo necessário para a apuração.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários