Benjamin Netanyahu
Alan Santos/Presidência da República
Benjamin Netanyahu

O premier de Israel, Benjamin Netanyahu , anunciou oficialmente um novo confinamento nacional, de três semanas, para conter a segunda onda do novo coronavírus.

"O governo decidiu hoje aplicar um confinamento estrito de três semanas, com a opção de prorrogar a medida", declarou o líder.

Com a decisão, o país se torna a primeira economia desenvolvida a tomar a medida.

Na semana anterior, autoridades impuseram um toque de recolher em cerca de 40 cidades israelenses, o que não impediu o aumento do número de casos.

Às vésperas das festas judaicas, o país enfrentou nos últimos dias um grande debate e o governo decidiu não apenas pelo confinamento, mas também estendeu a medida pelo período, alcançando as festas judaicas, para tentar conter a propagação.

Israel foi o segundo país com maior número de casos per capita nas últimas semana. A taxa de infecções voltou a subir, com mais de 153 mil casos em uma população de 9 milhões de habitantes.

    Veja Também

      Mostrar mais