Fabiano Contarato%2C senador da Rede
Agência Senado
Fabiano Contarato, senador da Rede

Nesta terça-feira (04), o senador Fabiano Contarato (Rede-ES) entrou na Justiça contra a União e o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

O parlamentar pede que Bolsonaro pague o valor correspondente aos gastos públicos com produção ou aquisição de cloroquina para tratamento do novo coronavírus (Sars-Cov-2).

No documento, Contarato solicita que valor seja descontado na folha de pagamento do presidente. O processo também pede que o governo suspenda a produção ou aquisição do medicamento.

“A saúde pública está sendo exposta a um risco gravíssimo. Recorremos à Justiça porque não há estudo científico que comprove a eficácia dos medicamentos”, diz Contarato.

Segundo órgãos internacionais, como ONU e OMS , ainda não há provas concretas de que a cloroquina age positivamente no combate à Covid-19 . Por isso, ambos aconselham governos a não adotarem a droga como solução. Com informações da coluna Painel .

    Veja Também

      Mostrar mais