shoppings
Divulgação/Instagram/Reprodução
Aglomeração no centro de São Paulo foi formada com reabertura de shoppings populares


Os shoppings da capital paulista voltaram a funcionar nesta quinta-feira (11), gerando aglomerações. Depois de decisão tomada ontem pela Prefeitura, os  comércios foram autorizados a funcionar por quatro horas, das 6h às 10h ou das 16h às 20h. 

Leia também:

Shoppings do Rio voltam a abrir hoje, mas com horário reduzido

Rua 25 de Março reabre o comércio com filas depois de três meses fechado

Os shoppings populares optaram por abrir logo cedo e, já pela mahã,  ruas ficaram lotadas esperando a abertura dos estabelecimentos. De acordo com o G1, muitos shoppings sequer cumpriram as normas de segurança impostas na reabertura. 

Dentre as regras, está o distanciamento entre clientes e a lotação máxima de 20% dos estabelecimentos. No Shopping Canindé, localizado no Brás, a entrada só era liberada com uso de máscaras e checagem de temperatura, mas o fluxo de clientes não estava controlado.

Ainda segundo reportagem do G1, os clientes estavam aglomerados nas poucas lojas que estavam abertas, e o segurança do local informou não ter sido avisado de que deveria controlar o acesso das pessoas. 

Próximo dali, o Shopping Valtier também tinha pessoas se apertando nos corredores. A reportagem do G1 não encontrou fiscais da prefeitura próximos aos shoppings reabertos. 

Apesar dos shoppings populares terem aberto pela manhã, grande parte dos demais reabrirão na tarde desta quinta-feira (11), a partir das 16h.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários