bolsonaro e mourão
Reprodução
Em reunião ministerial, Bolsonaro demonstrou insatisfação com a Polícia Federal e disse que iria interferir

A Polícia Federal apreendeu, na tarde desta segunda-feira (25), a câmera usada para gravar a reunião ministerial entre Bolsonaro e seus ministros, no dia 22 de abril . Agentes da polícia estiveram no Palácio do Planalto para recolher o equipamento, que agora vai ser periciado.

Leia mais:  'Acredito no arquivamento', diz Bolsonaro em nota sobre inquérito

O objetivo da PF é verificar se houve algum tipo de edição no material divulgado na última sexta-feira pelo STF .

Vale lembrar que já havia sido noticiado que os trechos da reunião que falavam sobre a China e o Paraguai seriam excluídos. O intuito da  PF é se certificar que nada mais além disso tenha sido alterado. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários