bolsonaro
undefined
Bolsonaro se pronuncia após divulgação do vídeo da reunião ministerial

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), por meio da Secretaria de Comunicação do governo, soltou uma nota sobre a divulgação, pelo STF, do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril

Leia mais:  Bolsonaro diz que "amigo do Bope" é sua "fonte particular de informação"

O presidente acredita no arquivamento no processo, que o julga por possivelmente ter interferido na Polícia Federal . "Por questão de Justiça, acredito no arquivamento natural do Inquérito que motivou a divulgação do vídeo", afirmou. "Espero responsabilidade e serenidade no trato do assunto", complementou.

Sobre o ponto principal do vídeo, as investigações sobre a possível interferência na PF, Bolsonaro disse: "Nunca interferi nos trabalhos da Polícia Federal. São levianas todas as afirmações em sentido contrário. Os depoimentos de inúmeros delegados federais ouvidos confirmam que nunca solicitei informações a qualquer um deles", afirmou.

Saiba mais:  Governo confirma que Moro não assinou exoneração de Valeixo

Após a divulgação do vídeo, na última sexta-feira (22), houve muita repercussão no governo. E Bolsonaro optou em amenizar a situação e reforçar o compromisso com os brasilieros . "Mantenho-me fiel à proteção e à defesa irrestritas do povo brasileiro, especialmente os mais humildes e aos que mais precisam. Sinto-me bem ao seu lado e jamais abrirei mão disso". 

Sobre os atritos com o STF , o presidente amenizou: "Reafirmo meu compromisso e respeito com a Democracia e membros dos Poderes Legislativo e Judiciário ". "É momento de todos se unirem. Para tanto, devemos atuar para termos uma verdadeira independência e harmonia entre as instituições da República, com respeito mútuo", complementou.

Bolsonaro terminou dizendo defender a democracia e o compromisso com os brasileiros. "Por fim, ao povo brasileiro, reitero minha lealdade e compromisso com os valores e ideais democráticos que me conduziram à Presidência da República . Sempre estarei ao seu lado e jamais desistirei de lutar pela liberdade e pela democracia".

    Veja Também

      Mostrar mais