Covas
-
Prefeito Bruno Covas confirmou medida em entrevista

Bruno Covas, prefeito da capital paulista, afirmou nesta sexta-feira (1) que táxis e carros de aplicativos com passageiros sem máscara serão multados em R$ 150 na cidade.

O prefeito fez o anúncio em entrevista para a Globo News, mas não divulgou ainda a data de quando a medida será implementada. Na quinta-feira (30) o governo estadual paulista divulgou em coletiva que a obrigação do uso de máscara vale em todo o estado a partir do dia 4 de maio.

Leia ainda: Doria pede que Bolsonaro 'respeite os brasileiros'

"Decidimos obrigar o uso de máscaras nos transporte público municipais. Todo mundo que pegar transporte de aplicativo e táxi também será obrigado ao uso de máscara. Multa de R$ 3.300 por ônibus por dia se tiver uma pessoa sem máscara, aplicada para a empresa concessionária. E a multa para táxis e transporte para app é de R$ 150", disse Covas na entrevista.

A decisão é parte do plano de São Paulo para diminuir a disseminação da Covid-19. O prefeito afirmou estar preocupado com a taxa de isolamento social abaixo de 50% verificada nesta semana na cidade.

"A quarentena na cidade vai até o dia 10 de maio por decreto. No dia 8 de maio devemos anunciar a prorrogação ou não dessa quarentena, mas os números são preocupantes. Em 5 dias, o índice tem ficado 48%, abaixo de 50%. Estão aumentando o número de pessoas contaminadas, suspeitas e óbitos", afirmou.

Covas também anunciou que vias devem ser bloqueadas para trânsito, medida que será definida em reunião marcada para hoje. "Precisamos melhorar índice para evitar um colapso do sistema de saúde", disse.

    Veja Também

      Mostrar mais