Alunos da rede estadual de São Paulo terão aula via aplicativo
Adriano Machado/Agência Brasil
Alunos da rede estadual de São Paulo terão aula via aplicativo

Diante da suspensão gradual das aulas em virtude do coronavírus , os alunos da rede pública de ensino do Estado de São Paulo poderão assistir aulas à distância e com internet gratuita durante o recesso, segundo o secretário estadual da educação, Rossieli Soares. O período de recesso começa nessa segunda-feira (16), e todas as unidades de ensino ficarão fechadas a partir do dia 23 de março.

Leia também: Bolsonaro diz que novo coronavírus não é tudo isso que dizem

“Nós temos um aplicativo que devemos utilizar e nós vamos patrocinar a internet. Então, se o aluno tiver um celular em casa, isso está comprovado que nós temos mais celulares do que pessoas no nosso estado, eles poderão assistir às aulas com a gente pagando a internet ou com a ajuda da iniciativa privada, ou com recursos públicos, ainda estamos fechando isso, mas queremos ter em duas semanas já no ar um sistema que possa trazer aulas ao vivo, interatividade", explicou o secretário.

O governo busca um parceiro privado para arcar com os gastos da internet. A ideia é que as aulas sejam ministradas por grupo de professores especializados, com aulas que fazem parte dos componentes curriculares das matérias, para não haver comprometimento do ano letivo.

Veja mais: Banhistas são convidados a sair de praias do Rio para evitar novo coronavírus

“A internet seria só para o aplicativo que vai ser o da secretaria. Na medida que ele acessa o aplicativo da Secretaria da Educação, ele não consome dados. Ele vai ser certamente tarifado pra gente ou para o parceiro que estiver nos ajudando com isso, nós já temos reunião com as teles [empresas de telefonia], estamos trabalhando para isso”, completou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários