ônibus escolar
Secretaria de Educação do Governo Federal
ônibus escolar

Um total de 114 municípios de São Paulo acaba de receber novos ônibus escolares, que serão administrados e mantidos pelas prefeituras. Ao todo, foram 120 novos veículos, que se somam aos 180 entregues em outubro de 2019, como parte do programa Caminhos da Escola, que visa garantir o acesso de crianças e jovens à educação.

Os veículos atendem ao critério de acessibilidade: contam com uma poltrona móvel que pode ser deslocada, garantindo o embarque e desembarque dos estudantes com deficiência ou mobilidade reduzida. Além disso, são movidos a diesel e possuem condição de operação com BioDiesel, conforme diretrizes estabelecidas pelo Programa Nacional de Produção e Uso do BioDiesel.

Veja também: Lula sinaliza apoio a Freixo e quer Haddad viajando pelo Brasil

De acordo com a Secretaria de Educação de São Paulo, as novas aquisições representaram um investimento de R$ 27,1 milhões. Ao custo unitário de R$ 226,5 mil, o estado investiu R$ 67,8 milhões nas aquisições até o momento. 

Segundo o secretário da educação, Rossieli Soares, motivado por diversos aspectos como o financeiro, logístico e pela responsabilidade de transportar milhares de crianças todos os dias, o transporte escolar acaba sendo um dos maiores desafios para os municípios e estados. "Precisamos da parceria dos municípios e não vamos nos furtar de apoiá-los nesta missão de garantir o direito das crianças de chegarem às escolas", completou.

Leia mais: Meirelles, Bolsonaro e Haddad contrataram disparo em massa, diz sócio de empresa

A entrega dos novos ônibus faz parte do programa Caminho da Escola, do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, que tem como um de seus objetivos renovar a frota de veículos escolares e garantir a segurança e a qualidade do transporte dos estudantes, reduzindo a evasão escolar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários