Tamanho do texto

O presidente defendeu a liberdade e a democracia em discurso na formatura de novos sargentos da Marinha no Rio; ele chegou nesta sexta da Argentina

Agência Brasil

Bolsonaro tira selfie com sargento da Marinha
Marcos Corrêa/PR
Bolsonaro participou da formatura de novos sargentos da Marinha no Rio

Em discurso durante a formatura de novos sargentos da Marinha, o presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (7) que “todos são honrados no Brasil, sem exceção” e que os valores são a máxima a ser seguida por seu governo. “Uma coisa nunca de afastará de mim, a humildade, o dever e o compromisso de servir à pátria, o respeito a todos vocês, à família brasileira e a Deus, a qual devo minha vida”, disse.

Leia também: "Bolsonaro desperdiçou a lua de mel", avalia novo presidente do PSDB

Bolsonaro desembarcou nesta sexta no Rio de Janeiro, ao retornar de sua visita oficial à Argentina. Na quinta-feira (6), onde se reuniu com o presidente Mauricio Macri, autoridades e empresários argentinos. A formatura dos novos sargentos da Marinha foi no Centro de Instrução Almirante Alexandrino, no bairro da Penha, na capital fluminense.

Ao citar a viagem ao país vizinho, o presidente defendeu a liberdade e a democracia. Em outubro, acontecem eleições presidenciais na Argentina , com Macri pleiteando a reeleição e a ex-presidente Cristina Kirchner disputando a vice-presidência na chapa que será liderada pelo peronista Alberto Fernández. “Não existe bem maior para um povo do que sua liberdade e a sua democracia e a possibilidade de todos galgarem a função, o cargo ou a condição a qual se propuseram e lutaram por ela”, ressaltou.

Leia também: Bolsonaro rebate críticas sobre falta de agenda: "Não quero paternidade de nada"

Aos pouco mais de 2,5 mil novos sargentos, Bolsonaro pediu que, “espalhados pelos quatro cantos do Brasil”, levem “uma esperança, uma maneira de ser e conduzir, pautados pelo exemplo e pela confiança”.