Último dia do Rock in Rio tem Guns N' Roses, chuva, acidente, atraso e tentativa de invasão

Encerramento do festival ainda teve shows das bandas System of a Down e Evanescence

Augusto Gomes, enviado ao Rio de Janeiro |

O sétimo e último dia do Rock in Rio foi também o mais tumultuado de todos. A confusão começou antes mesmo dos portões da Cidade do Rock serem abertos. Axl Rose, líder do Guns N' Roses, perdeu o voo para o Brasil e só chegou ao país no próprio domingo , num avião fretado.

Acesse o especial Rock in Rio

O atraso alimentou uma onda de boatos sobre a não realização do show. Mas sim, a apresentação aconteceu, só que 1h30 após o horário previsto. Nesse momento, muita gente já havia deixado o local, por causa da forte chuva que caiu após o show do System of a Down .

O Guns N' Roses , pelo menos, não se abalou com o mau tempo. Axl até encarou o contratempo com bom humor e subiu ao palco usando uma capa de chuva amarela. Ele também fez piada com o atraso. "Boa noite! Ou seria melhor dizer bom dia?", disse.

O vocalista abriu a apresentação com a música "Chinese Democracy" e, logo em seguida, tocou três canções de "Appetite for Destruction", seu disco de estreia de 1987: "Welcome to the Jungle", "It's So Easy" e "Mr. Brownstone".

A reação do público a esse início deu o tom do restante da apresentação: animação com os sucessos dos anos 1980 e início dos anos 1990, e pouco interesse pelas músicas mais recentes.

A chuva não foi o único problema do dia. Pouco antes da apresentação do System of a Down, um grupo de cerca de 200 pessoas tentou invadir a Cidade do Rock e foi reprimido pela polícia com uso de gás lacrimogênio.

Pouco depois, antes do Guns iniciar sua apresentação, houve outro incidente: uma passarela do lado de fora do festival desabou e deixou diversos feridos.

Pelo menos no quesito musical a noite foi bem-sucedida. O System of a Down, por exemplo, fez um show digno de atração principal. O Evanescence não empolgou tanto, porque apostou em muitas músicas inéditas de seu disco que ainda nem foi lançado. As duas atrações brasileiras, Pitty e Detonautas , também não fizeram feio.

O palco Sunset teve alguns duetos interessantes. O primeiro, de Mutantes e Tom Zé , contou com a participação especial de Beto Lee, filho da ex-Mutante Rita. Já Marcelo Camelo se apresentou com a banda The Growlers e empolgou quando cantou músicas do Los Hermanos. Finalmente, os Titãs tocaram ao lado do grupo português Xutos e Pontapés.

Acesse o especial Rock in Rio

    Leia tudo sobre: rock in rio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG