São investigados possíveis desvios de recursos públicos federais que não foram aplicados por parte da organização

selo

Agentes da Polícia Federal cumprem hoje mandados de busca e apreensão para apurar fraudes nos convênios firmados entre o Ministério do Esporte e Organização Não Governamental (ONG), sediada na cidade mineira de Juiz de Fora.

Leia mais sobre a crise no Ministério do Esporte

Segundo a PF, foram investigados possíveis desvios de recursos públicos federais que não foram aplicados por parte dos responsáveis legais da ONG Instituto Cidade, que teriam recebido, apenas nos últimos anos, aproximadamente R$ 9,5 milhões em repasses financeiros.

Os levantamentos iniciais demonstraram discrepância entre o valor dos repasses financeiros e a precariedade dos núcleos abrangidos pelo Programa do Esporte.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.