Marta Suplicy teve as contas aprovadas

Diferentemente do que divulgou o TRE de São Paulo, senadora entrou com recurso após ter tido contas rejeitadas em 2010

iG São Paulo |

Diferentemente do que informou o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo ao iG em 7 de março de 2012, a senadora Marta Suplicy (PT-SP) teve suas contas aprovadas com ressalvas após entrar com recurso, o que não a torna inelegível para o pleito de 2012.

Primeiramente, o TRE informou que Marta estava entre os candidatos que tiveram as contas rejeitadas em 2010. Porém, a senadora entrou com recurso e o tribunal acolheu os embargos de declaração em 12 de maio de 2011, aprovando-a, com ressalvas.

A assessoria de imprensa da senadora entrou em contato com o iG e publicou a seguinte nota de esclarecimento:

"As contas da senadora Marta Suplicy (PT-SP), referentes à campanha eleitoral de 2010, estão aprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), diferentemente do que publicou o IG nesta sexta-feira (9). O TRE acolheu recurso à manifestação de primeira instância. Portanto, não há nenhum impedimento para que a senadora concorra a qualquer cargo. "

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG