Tamanho do texto

MPF disse que não existe sequer negociação iniciada sobre um possível acordo de delação ou de leniência com a empreiteira

A empreiteira confirmou na última terça-feira (22) ter fechado acordo de colaboração
Reuters
A empreiteira confirmou na última terça-feira (22) ter fechado acordo de colaboração "definitiva"

Em nota enviada pela assessoria na tarde desta quarta-feira (23), o Ministério Público Federal nega ter iniciado qualquer negociação de acordo de delação premiada com a empreiteira Odebrecht. O anúncio sobre o acordo de colaboração dos executivos da empreiteira foi feito por meio de uma nota na noite da última terça-feira (22). 

De acordo com a nota do Ministério Público Federal, "a vontade de selar o acordo manifestada pela imprensa, por indivíduos ou pela empresa, não afeta de forma alguma o andamento das investigações, que prosseguirão. Qualquer divulgação sobre a possibilidade de um acordo fere o sigilo necessário para as negociações".

O órgão interpreta a manifestação da Odebrecht como mais uma tentativa de obstruir as investigações em andamento. "A simples intenção demonstrada não tem o condão de descaracterizar a contínua ação do Grupo Odebrecht em obstruir as investigações em andamento, como ficou caracterizado na recente 26ª fase da Operação Lava Jato, com a tentativa de destruição de seu sistema de controle informatizado de propina", diz a nota.

Procurada pelo iG , a Odebrecht informou que, por meio de seu comunicado oficial divulgado na noite de terça-feira, "teve a intenção de manifestar à sociedade sua disposição em colaborar com as autoridades".

Veja fotos da Operação Lava Jato da Polícia Federal na  galeria abaixo: