Ação na comunidade do São Remo mostrou que técnicas de patrulha do Comando e Operações Especiais deixam criminosos sem saber para onde ir

Ações diferenciadas, equipamentos avançados, técnicas de patrulha que surpreendem os criminosos e deixam o crime sem saber para onde correr. Estamos falando do Policiais do COE (Comando e Operações Especiais), elite da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Leia também: Cavalaria da PM prende traficante em operação no interior de São Paulo

Drogas apreendidas pelos PMs do COE na comunidade do São Remo
Divulgação/COE
Drogas apreendidas pelos PMs do COE na comunidade do São Remo

Nessa sexta-feira (13), a Comunidade São Remo recebeu uma operação desenhada por esses Policiais. A ação tinha como objetivo atingir o tráfico de drogas e encontrar possíveis armamentos. "As nossas ações são em locais de alto risco. Esse local já tem histórico de entorpecentes e também de armamentos, inclusive com confronto com os PMs de área", revela o Tenente Marinho do COE .

Com base em informações levantadas pela PM e de denúncias, os Policiais montaram uma operação na comunidade para atingir em cheio os pontos onde os traficantes operavam em liberdade. "A gente preparou uma ação com incursão pela área de mata, um local de difícil acesso, passamos por muros, área de barranco e vegetação fechada para poder surpreender os criminosos por um local de onde eles nem esperavam que a gente podia chegar", continua o Tenente.

Leia também: "A grande questão é a reforma da legislação", diz comandante-geral da PM

A operação começou por volta de 11h e não demorou muito três traficantes já estavam nas mãos dos PMs. "Nós conseguimos abordar os suspeitos de surpresa. Eles ficaram até assustados. Eles estavam com pequenas porções, mas não assumiram o tráfico. Mas do ponto que estávamos, nós conseguimos observar a ação deles e a direção onde o restante da droga poderia estar. Com esse conhecimento, nós chamamos o Canil e com a vistoria dos cães de faro, acabamos achando 33 tijolos de droga dentro de um barraco", diz o Tenente Marinho.

Operação contou com o apoio do Canil Central da PM
Divulgação/Canil PM
Operação contou com o apoio do Canil Central da PM

O Policial revela que toda a ação teve que ser muito bem planejada, estudada e realizada para não expor os moradores a algum tipo de risco. "Era um dia claro, tinha um campo ali perto, onde havia bastante gente. Nós temos que agir de um jeito que não coloque ninguém em risco. Fizemos um trabalho muito silencioso, sem que ninguém pudesse notar nada", comemora o Tenente.

Leia também: Vídeo mostra o momento em que cão do Canil da PM encontra drogas em SP; assista

Ao todo a operação do COE com apoio do Canil da PM conseguiu prender três suspeitos e apreender aproximadamente 63kg de drogas, munições, quatro balanças de precisão,
uma faca, um celular e R$ 100 reais. O material foi encaminhado para o 91º Distrito Policial.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.