Costumes incluem bebês caindo de torre, autoflagelação, ingestão de alimentos em excesso e alongamento de pescoço

Se na maioria das sociedades beleza é sinônimo de um corpo magro, na Mauritânia, país africano, é a gordura quem dita as regras: mulheres robustas são preferência nacional. Já na Província de Yan'an, na China, quanto menores forem os pés, mais status as moças têm. Na Tailândia, quanto mais comprido e com mais anéis o pescoço, mais charmosa ela é.

As diferenças, porém, não ficam restritas ao que se considera belo. Em uma ilha do Oceano Pacífico, não basta atingir a maioridade: jovens precisam se jogar de penhascos rumo ao chão, com cordas amarradas ao corpo, para mostrar que se tornaram adultos. Na Índia, bebês são lançados do alto de uma torre para receber "saúde e vida longa" e, na Áustria, "diabos" saem às ruas dias antes do Papai Noel para punir as crianças que se comportaram mal durante o ano.

Confira as tradições mais curiosas do mundo:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.