Três suspeitos foram presos pelo serviço secreto de segurança dos Estados Unidos; entre os ataques planejados, estavam uma explosão na Times Square

O FBI é o serviço secreto de segurança dos EUA; organização diz ter prendido três terrorista do Estado Islâmico
Don Pollard/ Office of Governor Andrew M. Cuomo
O FBI é o serviço secreto de segurança dos EUA; organização diz ter prendido três terrorista do Estado Islâmico

Nem todo o ataque terrorista planejado é concretizado. Prova disso é que o FBI – serviço secreto de segurança norte-americano – informou nesta sexta-feira (6) que foi o responsável por impedir atentados grupo extremista Estado Islâmico em plena Nova York .

Leia também: Veja tudo sobre o Estado Islâmico no iG

De acordo com o FBI, os ataques planejados, estavam atentados a pelo menos duas estações de metrô e um show de música que aconteceu na cidade norte-americana. Ainda segundo as autoridades, três suspeitos, simpatizantes do Estado Islâmico , foram presos.

As prisões ocorreram desde maio do ano passado. Os promotores afirmaram ainda que os ataques planejados, impedidos pela polícia, também incluíam explosões na Times Square, um dos pontos turísticos mais movimentados da cidade.

A revelação acontece poucos dias depois do tiroteio que deixou 59 mortos em Las Vegas, além de mais de 500 feridos . Apesar do grupo terrorista islâmico ter reivindicado a autoria do ataque, que teve como alvo cerca de 22 mil pessoas que assistiam a um show de música country, as autoridades norte-americanas negam o envolvimento do grupo no tiroteio e se recusam a tratar o norte-americano, Stephen Paddock , autor dos disparos, como terrorista.

Quem são os suspeitos presos

Os nomes dos suspeitos foram revelados nesta sexta-feira. A primeiro deles é o cidadão canadense Abdulrahman El Bahnasawy, de 19 anos. Ele foi preso em Nova Jersey, mas não há detalhes sobre quando a prisão ocorreu. Em juri, ele se declarou culpado das acusações de terrorismo em outubro do ano passado. 

O segundo extremista que teve o nome divulgado pelo FBI é Talha Haroon, também de 19 anos. Ele foi preso no Paquistão, onde mora, por volta de setembro de 2016. Seus planos terroristas também envolviam a cidade norte-americana.

O terceiro suspeito é Russell Salic, um cidadão das Filipinas de 37 anos. Este foi preso em abril deste ano em seu país de origem, de acordo com os procuradores.

Se condenados pelas acusações mais graves, os suspeitos podem pegar prisão perpétua no território norte-americano.

A justiça norte-americana ainda espera que Haroon e Salic sejam extraditados para os Estados Unidos para responderem às acusações, que incluem conspiração para cometer atos de terrorismo e apoiar uma organização terrorista , nos três casos, o Estado Islâmico.

Leia também: Antes de massacre em Las Vegas, atirador planejou abrir fogo no Lollapalooza

* Com informações da Agência Ansa.

    Leia tudo sobre: estado islâmico
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.