Animal foi sacrificado para salvar a vida da criança, nos EUA; pais informaram que o menino foi examinado e está bem

Menino de 4 anos não sofreu graves lesões ao se deparar com Harambe, gorila de 204 quilos
Reprodução/Youtube
Menino de 4 anos não sofreu graves lesões ao se deparar com Harambe, gorila de 204 quilos

Um dia depois de a polícia divulgar que vai investigar a família do garoto que caiu na jaula de um gorila no jardim zoológico de Cincinnati, nos Estados Unidos, os pais da criança decidiram se pronunciar. "Nosso filho foi examinado por um médico e está bem", informaram por meio de um representante.

O menino de quatro anos de idade não sofreu lesões sérias após seu encontro, no último sábado (28), com Harambe, um gorila de cerca de 204 quilos. Após 10 minutos, funcionários do jardim zoológico atiraram  no animal e o mataram.

"Continuamos agradecendo a Deus pela sua graça e misericórdia e somos gratos ao zoológico de Cincinnatti pelas suas ações para proteger nosso filho. Nós também estamos muito agradecidos pelas expressões de preocupação e apoio que foram enviadas para nós. Alguns têm oferecido dinheiro para a família, que não queremos e não vamos aceitar. Se alguém quiser fazer uma doação, recomendamos uma doação ao jardim zoológico de Cincinnati, em nome de Harambe ", disseram os pais do garoto.

Assista ao vídeo do gorila sacrificado depois que a jaula foi invadida pela criança: 

De acordo a com polícia de Cincinnati, a investigação incidirá sobre as ações dos pais e da família do menino. Não tem relação com o funcionamento ou a segurança do jardim zoológico de Cincinnati. Autoridades disseram que a mãe do menino estava com o filho quando ele passou por uma cerca e caiu no local onde estava o gorila.

O zoológico tem realizado a necropsia no gorila, mas não divulgou quaisquer detalhes sobre os resultados. Um médico extraiu e congelou o material genético do gorila após a sua morte, informou o zoológico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.