Catarina Migliorini, 20 anos, deixou a Indonésia e está na Austrália para participar de documentário do diretor Justin Sisely

Catarina Migliorini, que está leiloando a virigindade na internet
Reprodução
Catarina Migliorini, que está leiloando a virigindade na internet

Os responsáveis pelo documentário "Virgins Wanted" prorrogaram o leilão online da virgindade da brasileira Catarina Migliorini, 20 anos. O leilão, que faz parte do documentário do cineasta australiano Justin Sisely, deveria terminar nesta segunda-feira, mas agora deve continuar até o dia 25. Até agora, foram feitos 13 lances para fazer sexo com a catarinense - o mais alto de US$ 255 mil (cerca de R$ 520 mil).

Leia também:  Virgindade de brasileira já vale mais de R$ 315 mil em leilão na internet

De acordo com os organizadores do filme, Catarina, que estava na Indonésia, chegou neste fim de semana à Austrália, após conseguir um visto.

A brasileira e o russo Alexander Stepanov, 21 anos, foram selecionados há cerca de dois anos por Sisely, idealizador de "Virgins Wanted". O documentário, que segue o formato reality show, contará a história dos dois jovens, que terão suas primeiras relações sexuais com o vencedor dos leilões.

Em entrevista à Fox News em 2011, o cineasta disse que os virgens ficarão com todo o dinheiro dos lances, para que ele não possa ser acusado de ganhar dinheiro com a iniciativa. Na mesma entrevista, Sisely disse não se preocupar com a polêmica. "Considero que isto é arte, não prostituição", afirmou.

Em entrevista ao jornal australiano Herald Sun, Catarina garantiu que não foi pressionada a participar do projeto. "Vou seguir até o fim com o leilão", disse ela. "Espero encontrar alguém depois, porque o leilão é uma oportunidade de negócio, e não uma oportunidade amorosa."

De acordo com as regras do leilão, publicadas na internet, a relação sexual acontecerá até dez dias depois de o vencedor ser definido. Catarina terá de passar por um exame médico que garanta sua virgindade ao comprador.

Por sua vez, o vencedor do leilão terá de passar por um exame médico para mostrar que não possui doenças sexualmente transmissíveis. As regras definem que, durante a relação sexual, o comprador não poderá estar drogado, envolver uma terceira pessoa, beijar a virgem, realizar qualquer fantasia ou fetiche, usar brinquedos eróticos, telefone ou qualquer aparelho de gravação. A duração mínima da relação sexual - que, segundo o site, é definida como "o pênis entrando na vagina" - é de uma hora.

Só uma relação sexual é exigida e nenhuma outra pessoa além do comprador e da virgem poderão entrar no local. Não haverá filmagem deste momento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.