Segundo autoridades, serão necessárias horas ou dias de trabalho para tirar explosivos e material inflamável do local; ataque em cinema deixou 12 mortos

A polícia e agentes do FBI revistaram o apartamento do suspeito de deixar 12 mortos em um cinema em Aurora , perto de Denver, no Estado americano do Colorado, e o classificaram como uma "armadilha", afirmando que tinha explosivos aparentemente "muito sofisticados".

Ataque: Atirador deixa ao menos 12 mortos na estreia do 'Batman' nos EUA

Polícia quebra janela do apartamento onde suspeito de ataque a cinema vivia em Aurora, Colorado
AP
Polícia quebra janela do apartamento onde suspeito de ataque a cinema vivia em Aurora, Colorado

Pânico: Espectadores de 'Batman' nos EUA acharam que sons de tiros eram do filme

As autoridades esvaziaram cinco prédios enquanto verificam como desarmarão o material inflamável e explosivo. De acordo com o jornal Denver Post, os moradores de outros prédios vizinhos e do complexo de apartamento em que vive o suspeito, reservado a estudantes, professores e pessoal da Faculdade de Medicina da Universidade do Colorado, foram retirados.

Segundo a Reuters, os trabalhos no local podem durar "horas ou dias". Imagens da TV mostraram agentes da polícia em um guindaste tentando entrar por uma janela do apartamento do suspeito, no terceiro andar.

O suspeito foi identificado como James Holmes , de 24 anos, natural do Estado do Tennessee. A Escola de Medicina da Universidade do Colorado informou que Holmes foi aluno da instituição até o mês passado.

A ação do atirador

Usando uma máscara de gás, o atirador deixou ao menos 12 mortos e 59 feridos ao disparar e lançar um gás não identificado dentro de um cinema lotado na cidade americana de Aurora, no Estado do Colorado, na madrugada desta sexta-feira durante a estreia do filme " Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge ". A sessão do filme começou à meia-noite local (3 horas de Brasília).

Esse foi o pior ataque nos EUA desde que um psiquiatra do Exército matou 13 soldados e civis na base militar de Fort Hood , no Texas, em 2009. Entre os feridos estão algumas crianças, sendo a mais jovem um bebê de quatro meses que já recebeu alta. Entre os feridos estão algumas crianças, sendo a mais jovem um bebê de quatro meses que já recebeu alta.

Segundo o FBI, o jovem apontado como o autor dos tiros nasceu em 13 de dezembro de 1987. O chefe da polícia local, Dan Oates, afirmou que Holmes não resistiu à prisão e que ele mesmo contara que tinha explosivos em sua casa.

O porta-voz do FBI Jason Pack disse à rede de TV CNN que o caso não parece estar relacionado a um ato de terrorismo. Já o chefe de polícia disse não haver evidências de um segundo atirador.

Algumas espectadores pensaram inicialmente que o ataque fizesse parte do filme, mas então viram a silhueta de uma pessoa atrás da fumaça em frente à tela, apontando uma arma para a plateia.

De acordo com testemunhas, o homem vestido de preto e usando uma máscara lançou bombas com um gás não identificado antes de começar a atirar no Cinema Century, no shopping center Aurora, que fica no subúrbio de Denver.

Segundo testemunhas relataram à BBC, o atirador estava mascarado e lançou uma bomba com um gás não identificado antes de abrir fogo contra a multidão. Uma delas, que estava dentro da sala atacada, chamada Pam, disse que 30 ou 40 minutos depois do início do filme um homem entrou pela porta direita que ficava perto da primeira fila.

À CNN, outra testemunha declarou que o homem "subiu calmamente as escadas (da sala de cinema) atirando em quem aparecia pela frente".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.