USP deixa posto de melhor universidade da América Latina, diz ranking britânico

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Mesmo com a queda da universidade paulista, Brasil conta com 10 instituições de ensino entres as 20 melhores da região

Divulgação/Usp
USP sai da liderança depois de 3 anos no topo do reconhecido levantamento britânico

A Universidade de São Paulo (USP), a mais importante do País, já não é mais a melhor universidade da América Latina. De acordo com o ranking britânico do grupo Quacquarelli Symonds (QS), que avalia as melhores instituições da região desde 2011, a melhor colocada neste ano é a Pontifícia Universidada Católica do Chile. Desde a criação do ranking há 3 anos, a USP sempre figurava como a primeira colocada no levantamento.

Agora, na edição 2014 do ranking, a USP ficou na segunda posição. Publicado nesta terça-feira (27), o levantamento destaca a presença de dez instituições brasileiras entre as 20 melhores da América Latina. 

Leia mais: Confira posição das 78 melhores universidades brasileiras no ranking

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ficou na 3ª posição, logo à frente da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A Universidade Estadual Paulista (Unesp) ficou na 9ª posição. Logo abaixo estão, empatadas, as federais de Minas Gerais (UFMG) e a do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Acompanhe mais notícias no canal iG Educação
Siga o iG Educação pelo Twitter

Confira o desempenho de outras instituições:

Mais: Veja o ranking completo com todas as 300 instituições avaliadas

Para a realização das comparações, a QS usa como metodologia avaliações sobre o nível de reputação acadêmica das instituições, o reconhecimento que elas têm no mercado de trabalho, o número de docentes em dedicação exclusiva, a produção científica, além de outros critérios como o número de alunos por sala por professor.

Esse último critério e o impacto científico da produção da Pontifícia Universidade Católica do Chile fizeram com que a instituição ganhasse a primeira colocação. Nos últimos rankings, a universidade sempre ficava na segunda posição.

Mesmo com a queda da USP na edição deste ano do ranking, o Brasil ganhou mais duas posições entre as 20 melhores da QS, com a inclusão da Universidade de Brasília e da federal de São Carlos (Ufscar) no Top 20. Em 2013, o País tinha oito universidades entre as 20 melhores.

Veja 25 programas pós-graduação com notas máximas da USP (São Paulo)

Curso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Administração. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Estatística. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Ciências (Biologia da relação Patógeno-Hospedeiro). Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Medicina (Medicina Preventiva). Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Economia. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Farmácia. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Ciência Política. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Enfermagem na Saúde do Adulto. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Sociologia. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Ciências dos Alimentos. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Engenharia Metalúrgica. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Meteorologia. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Geografia. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Educação Física e Esporte. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Ciências Médicas. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Filosofia. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Astronomia. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Geociências (Geoquímica e Geotectônica). Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Anatonia dos animais domésticos e silvestres. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Física. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Ciências Biológicas (Bioquímica). Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Imunologia. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Linguística. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Química. Foto: Getty ImagesCurso com nível de excelência internacional | Nome do programa de pós-graduação: Psicologia. Foto: Getty Images
Leia tudo sobre: Ensino SuperioRankingUSPUNESP

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas