Novo portal apresenta dados sobre qualidade da educação no País

Site mostra informações detalhadas da Prova Brasil e do Censo Escolar de escolas, municípios, Estados e do País

Tatiana Klix - iG São Paulo |

Qual o percentual de estudantes aprendeu o adequado em português até o quinto ano do ensino fundamental em sua cidade? O aprendizado em seu Estado é acima da média do País? Quantos alunos aprenderam o esperado em matemática para o 9º ano em sua escola? Essas e outras perguntas sobre a qualidade da educação no Brasil podem ser respondidas a partir da consulta ao portal QEdu , lançado nesta terça-feira, dia 6 de novembro, pela a Fundação Lemann e a startup Meritt Informação Educacional.

Mais dados: Ferramenta auxilia gestores a aproveitar dados do Ideb

Reprodução
Portal apresenta de forma intuitiva dados da Prova Brasil e do Censo Escolar

O site aberto e gratuito apresenta de forma  intuitiva os dados da Prova Brasil, avaliação de português e matemática promovida pelo Ministério da Educação a cada dois anos com alunos de toda a rede pública, e do Censo Escolar, divulgado anualmente pelo governo. O portal, destinado a gestores educacionais, jornalistas e pessoas interessadas em educação, permite fazer análises simples sobre o ensino de escolas, municípios, Estados e do País, até comparações mais complexas, que levam em conta a evolução do aprendizado, a localização e o contexto das escolas – como infraestrutura, renda dos alunos, equipamentos disponíveis.

“O nosso sonho é que o QEdu ajude as pessoas a conversarem sobre educação no bar”, disse o co-fundador da Merrit, Alexandre Oliveira, em palestra para jornalistas em São Paulo na semana passada. Enquanto isso não acontece, a Fundação Lemann e a Merrit trabalham para que as pessoas que trabalham com educação utilizem os dados detalhados no portal para tomarem decisões baseadas em evidências.

Ranking: Porcentual de alunos com aprendizado adequado à série por cidade

“Ainda que o Brasil tenha muitos dados educacionais disponíveis, eles não são amplamente divulgados ou efetivamente utilizados pelos gestores. O objetivo do QEdu é mudar esse cenário e, com isso, ajudar a melhorar o desempenho dos alunos”, explica Denis Mizne, diretor-executivo da Fundação Lemann.

As informações utilizadas no site atualmente são da Prova Brasil 2007 e 2009 e do Censo Escolar 2010. Para mostrar o desempenho dos alunos, o QEdu os divide pelos pontos que eles obtiveram na avaliação em quatro níveis: insuficiente, básico, proficiente e avançado. São considerados alunos com aprendizado adequado os que atingem nível proficiente e avançado, segundo conceito utilizado pelo movimento Todos Pela Educação para estabelecer metas de qualidade para a educação do País.

Censo escolar: Brasil tem 1 milhão de alunos a menos na rede pública a cada ano

Além disso, as respostas de questionários dadas por alunos, professores e diretores para a Prova Brasil foram tabuladas e apresentados no portal, divididas em itens. É a partir desse material que é possível verificar quantos professores têm ensino superior num município, por exemplo, assim como a escolaridade dos pais dos alunos e se eles vão a reuniões na escola. Os dados do censo mostram informações sobre acessibilidade, alimentação, matrículas e infraestrutura – tais dados também estão acessíveis sobre as escolas particulares não avaliadas pela Prova Brasil.

Nas próximas semanas, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgará os dados detalhados da Prova Brasil 2011 e o QEdu será atualizado.

Desde 2010, a Merrit também mantém uma ferramenta pública com dados sobre o Ideb .

    Leia tudo sobre: qualidade de ensinoQEduProva Brasilcenso escolar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG