Greve na UFMG adia registro de calouros

Quase três mil estudantes aguardam nova definição de datas para fazer matrículas

Denise Motta , iG Minas Gerais |

A greve de servidores técnicos e administrativos na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) prejudicou o registro de aproximadamente 2.800 calouros, previsto para começar nesta segunda-feira (11).

Leia também :
Greve nas universidades federais ganha apoio de servidores administrativos

Uma nova data ainda não foi definida, mas o reitor Clélio Campolina informou que há tentativa de entendimento com os servidores grevistas. Ele também disse que o sindicato dos servidores bloqueou o local onde o registro seria realizado.

“Nossa segurança foi orientada para evitar conflito físico, e tentamos deslocar o procedimento, para o centro da cidade, mas o sindicato ameaçou fazer o bloqueio lá também”, contou Campolina, reiterando que os direitos dos estudantes estão mantidos. O registro seria realizado ao longo desta semana. Após definidas, as novas datas de matrículas serão divulgadas pela UFMG.

Em seu site, o Sindicato dos Trabalhadores das Instituições Federais de Ensino (Sindifes) informou que mais de 300 servidores participaram de manifestação na manhã desta segunda-feira (11). Também em nota, o sindicato nega abertura de negociação com a reitoria da UFMG.

“O adiamento do registro de alunos demonstrou a capacidade de mobilização. Esta é a primeira vez nos últimos anos que temos um movimento grevista forte e capaz de adiar o registro. Diferente do que tem sido divulgada na mídia, a administração central ainda não abriu negociações reais. O Comando de Greve ainda aguarda uma proposta real e conciliadora”.

Os grevistas reivindicam implantação de uma jornada flexibilizada de 30 horas semanais, sem redução de salários; política de gestão de pessoas; protestam contra ponto eletrônico no Hospital das Clínicas entre outros pontos.

A greve teve início no dia 31 de maio e não existem por enquanto dados oficiais sobre adesão. O Sindifes informou estimar a adesão em 70% de servidores técnicos e administrativos da UFMG. O total de servidores é de aproximadamente 4.500.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG