Artistas lamentam morte de Champignon, ex-integrante do Charlie Brown Jr.

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Junior Lima, Tico Santa Cruz, Dinho Ouro Preto e outras personalidades se disseram em choque com a notícia

Artistas usaram as redes sociais para lamentar a morte de Champignon, ex-integrante da banda Charlie Brown Jr., encontrado morto na madrugada desta segunda-feira (9). A polícia registrou o caso como suicídio.

Além de se dizer em choque, o cantor Tico Santa Cruz lamentou as piadas no Twitter relacionando as mortes próximas de Champignon e Chorão, que sofreu overdose em março. "Quanta gente má surge nessas horas de tristeza. Tenho dó de vocês que estão fazendo piadinhas e brincadeiras com algo tão triste."

Leia também: Músico Champignon é encontrado morto em São Paulo

Champignon é encontrado morto seis meses após o falecimento de Chorão. Foto: Futura PressImagem de arquivo mostra Champignon durante homenagem a Chorão. Foto: Carlos Junior/Futura PressPeritos carregam corpo de Champignon para análise no IML
. Foto: Futura PressIrmã de Champignon chega acompanhada ao IML (Instituto Médico Legal)
. Foto: Futura PressPolícia chega ao local, no Morumbi, zona sul de São Paulo. Foto: Futura PressChampignon posa ao lado de Chorão . Foto: DivulgaçãoChampignon se apresenta no programa de Serginho Groisman . Foto: Globo/ Reinaldo MarquesChampignon com Serginho Groisman e Marcelo D2. Foto: Globo/ Reinaldo MarquesChampignon apresenta formação do grupo A Banca em abril de 2013. Foto: Globo/ Reinaldo MarquesChapignon apresenta formação do grupo A Banca em abril de 2013. Foto: Globo/ Reinaldo MarquesBanda A Banca, formada pelos integrantes do Charlie Brown Jr. depois da morte de Chorão. Foto: Divulgação

O cantor Junior Lima, que tocou com Champignon na banda Nove Mil Anjos, também disse estar em choque. "Perdi mais um irmão!!!!!!!! Nao tô conseguindo acreditar!!!!", escreveu, no Twitter.

Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial, postou uma série de mensagens demonstrando incredulidade. "Continuo sem acreditar", disse. "O cara tinha um monte de coisa pela frente."

A atriz e cantora Preta Gil também lamentou a notícia no Twitter: "Champignon descanse em paz!!!!! Muito muito triste!!!!" Em seu perfil, Leo Jaime agradeceu o baixista pelas "belas canções". "Isto é o que vai ficar", escreveu.

Marcelo D2 disse que "nunca mais vai esquecer" Champignon: "Deus que te ponha no lugar que merecer. Descanse em paz, irmão".

O cantor Lobão também lamentou a morte do músico: "Meu Deus. Que absurdo. Que coisa mais triste", escreveu.

Trajetória no Charlie Brown Jr.

Champignon nasceu em Santos, cidade onde o Charlie Brown Jr. se formou, em 1992. A banda lançou nove discos de estúdio e teve diversas formações - Chorão foi o único a integrar todas elas.

O sucesso veio em 1997, com o lançamento do álbum "Transpiração Contínua Prolongada". Canções como "Proibida Pra Mim (Grazon)", "Tudo o que ela Gosta de Escutar", "Gimme o Anel" e "O Coro Vai Comê!" caíram no gosto do público, principalmente o jovem, e fizeram com que o disco vendesse mais de 500 mil cópias.

Leia também: Cantor Chorão é encontrado morto em São Paulo

A trajetória do Charlie Brown Jr. foi marcada por desentendimentos entre os integrantes. A mais grave ocorreu em 2005, quando Champignon, Marcão, Renato e Pelado deixaram o grupo alegando divergências musicais.

Luiz Claudio Barbosa/Futura Press
Fãs de Champignon mostram cartazes em frente ao prédio onde ele morava

Em 2011, Champignon e o guitarrista Marcão voltaram a integrar o Charlie Brown Jr. Mas isso não significaria o fim das polêmicas. Em 2012, durante show em Apucarana (PR), Chorão deu uma bronca pública no baixista, dizendo que ele deveria "ficar muito grato" por ter sido aceito de volta após tê-lo acusado de roubar dinheiro do grupo.

Após ouvir a bronca calado, Champignon deixou o palco sob aplausos e gritos de "arregou". Dois dias depois, a banda divulgou um vídeo no qual Chorão se desculpou pelo ocorrido, dizendo que o problema estava resolvido. Em seguida, o baixista disse estar arrependido sobre o que falou do vocalista.

A Banca

Quando Chorão foi encontrado morto, em março deste ano, Champignon foi ao apartamento do amigo e lamentou a morte . "A gente brigou algumas vezes na vida, mas graças a Deus restabelecemos a amizade", declarou.

Em abril, Champignon se lançou como vocalista do grupo A Banca , formado por integrantes do Charlie Brown Jr. Na ocasião, ele comentou sobre a falta de Chorão: "Se a gente ficar em casa, a gente morre também. A gente tem que ir para a estrada, a gente precisa disso porque sem a banda não existe vida."

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas