Vídeo: Crocodilo é enterrado com homenagens na Costa Rica

Animal domesticado despertava o interesse de cientistas. Crocodilo tinha cerca de 60 anos e morreu de causas naturais

BBC Brasil |

selo

Os habitantes de Siquirres, na Costa Rica, enterraram o crocodilo Pocho, que viveu na cidade por 20 anos, com homenagens e honras de celebridade.

Pocho, que pesava 450 quilos e media 4,5 metros de comprimento, era a estrela do espetáculo de seu dono, o pescador Gilberto Shedden, conhecido como Chito.

Leia mais: Morre Pocho, o crocodilo domesticado da Costa Rica

Shedden o encontrou em um rio, em 1989, com um ferimento de bala na cabeça.

Ele cuidou do animal e os dois se tornaram amigos.

Vídeos do espetáculo "Chito e Pocho", em que os dois lutavam e o faziam piruetas, foram colocados na internet e atraíram centenas de turistas para a cidade.

O animal, que acreditava-se ter cerca de 60 anos, morreu de causas naturais.

Ele será embalsamado para ser exibido em um museu da cidade.

    Leia tudo sobre: costa ricaanimaiscrocodilo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG