RJ: Lixão de Gramacho será definitivamente fechado este mês

Encerramento das operações do aterro sanitário vai ser antecipado em quase um mês

Agência Brasil |

Pedro Kirilos / Agência O Globo
Funcionamento do aterro sanitário de Gramacho será encerrado no dia 23 de abril (Foto de arquivo)
O aterro sanitário de Gramacho, localizado no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, será definitivamente fechado até o próximo dia 23 de abril. A informação foi dada pelo prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. Dessa forma, o encerramento das operações no lixão, exigido pelo Ministério Público Estadual, será antecipado em quase um mês, já que a licença de Gramacho só expira no dia 5 de junho.

Leia também: Rio distribui contêineres para coleta de lixo feitos de bagaço de cana

“Na hora em que fecharmos o aterro de Gramacho poderemos começar a pensar na sofisticação da coleta seletiva na capital. Não dá para trabalhar uma coleta seletiva quando se tem um aterro como o de Gramacho poluindo a Baía de Guanabara”, disse Paes.

Atualmente, de cinco a seis mil toneladas de lixo recolhidas na capital fluminense já são levadas para o Centro de Tratamento de Resíduos (CTR) de Seropédica, também na Baixada Fluminense. Apenas duas mil toneladas são despejadas diretamente em Gramacho, que fica às margens da Baía de Guanabara. “Será o fim desse crime ambiental que a cidade pratica há cerca de três décadas”, assegurou o prefeito.

    Leia tudo sobre: coleta de lixoaterro sanitáriolixãogramacho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG