Descubra do que falavam os humanos quando eles começaram a falar

Por BBC Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Estudo sugere que linguagem pode ter nascido da necessidade de passar conhecimento sobre as ferramentas pré-históricas

BBC

Um estudo de uma equipe internacional de pesquisadores sugere que as primeiras conversas entre seres humanos aconteceram entre 1,8 e 2,5 milhões de anos atrás, quando os humanos começaram a fabricar as primeiras ferramentas.

Leia todas as notícias de Ciência

Cientistas dividiram 184 estudantes em cinco grupos que com instruções diferentes para aprender a fazer uma ferramenta de pedra
Chris Templeton
Cientistas dividiram 184 estudantes em cinco grupos que com instruções diferentes para aprender a fazer uma ferramenta de pedra

Segundo a nova pesquisa, estas primeiras trocas verbais teriam facilitado a transmissão do conhecimento sobre como fabricar ferramentas de pedra para cortar a carne dos animais.

"Se alguém está tentando aprender uma habilidade nova que requer muita sutileza, ajuda ter um professor que possa te corrigir", diz o psicólogo Thomas Morgan, da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, o principal autor do estudo publicado na revista Nature Communications.

"A pessoa aprende muito mais rápido quando alguém diz a ela o que é preciso fazer."

O momento em que a linguagem surgiu na evolução humana e o motivo de seu surgimento são temas de intenso debate na comunidade científica. Agora, os pesquisadores tentam desvendar também o "assunto" dos primeiros diálogos.

"O mais importante que alguém que ensina tem a dizer a quem aprende são coisas como onde bater", disse à BBC Natalie Uomini, pesquisadora do Instituto Max Planck de Antropologia Evolutiva, na Alemanha.

"Há um lugar específico na pedra onde é preciso bater, a um ângulo de 70º."

Enquanto as outras coisas podem ser aprendidas por imitação, "o conceito de ângulo é muito difícil de explicar sem recorrer à linguagem", segundo Uomini.

"Palavras como 'sim' ou 'não' também teriam sido importantes."

O ovo ou a galinha

No estudo, os cientistas dividiram 184 estudantes em cinco grupos, e em cada um deles foram dadas instruções diferentes para que uns ensinassem aos outros como criar uma ferramenta de pedra semelhante aos utensílios olduvaienses, os primeiros que acredita-se terem sido fabricados por humanos.

Em alguns grupos era permitido usar a comunicação verbal, enquanto que em outros só era permitido fazer gestos ou imitar as ações do outro.

Dessa forma, eles observaram que os grupos que usavam a linguagem produziam um volume maior de ferramentas, em menos tempo e desperdiçando menos material.

Na avaliação dos pesquisadores, o experimento mostra que a linguagem efetivamente ajuda a criar as ferramentas. No entanto, ainda não é possível provar se isso realmente foi o que deu origem à linguagem humana, de acordo com Uomini.

"Nunca saberemos com certeza o que aconteceu no passado, mas este é simplesmente um elemento que indica que a linguagem esteve envolvida e, de alguma maneira, conectada com a origem da fabricação de ferramentas."

Com base no estudo, a equipe internacional acredita que uma forma primitiva de linguagem, ou protolinguagem, começou a evoluir lentamente há 1,7 milhão de anos, quando ocorreu uma mudança no tipo de ferramentas produzidas pelo homem.

A evolução de ambos (ferramentas e linguagem) estaria assim interconectada, mesmo que seja impossível saber qual deles evoluiu primeiro e qual foi o motor da evolução do outro.

Por outro lado, cabe questionar como é possível determinar a origem da linguagem em um experimento realizado com pessoas que, mesmo que não possam falar durante a atividade, dominam uma linguagem.

"Seria interessante estudar este processo em pessoas de outras culturas para ver se há diferenças ou em chimpanzés, para comparar os resultados", admite omini.

"Mas nosso experimento mostra que a linguagem é o que marca a diferença. E ela tem a ver mais com a atividade em si do que com as pessoas que estão realizando essa atividade."

Leia tudo sobre: linguagempre historicaeuauniversidade da california

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas