Após falha elétrica, passageiros depredam estação da CPTM

Circulações de trens da Linha 7-Rubi está paralisada desde as 7h. Catracas e portas de aço foram destruídas na Estação Francisco Morato

iG São Paulo |

WERTHER SANTANA/AGÊNCIA ESTADO/AE
Passageiros destruíram as catracas da Estação Francisco Morato, em São Paulo, nesta manhã

Com a Linha 7-Rubi da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) parcialmente interditada desde as 7h, alguns usuários se irritaram e destruíram a catracas, portas de aço e câmeras de segurança da Estação Francisco Morato, na Grande São Paulo. O problema começou com uma falha elétrica que paralisou a circulação dos trens entre as estações Pirituba e Luz.

Entenda: Passageiros abandonam trem após falha elétrica na linha da CPTM

Segundo a Polícia Militar, pelo menos 2 mil passageiros se encontraram na porta da estação destruída. Viaturas estacionadas foram uma barreira proibindo a entrada no local. Policiais continuam no local para evitar nova onda de violência.

Segundo a companhia, desde as 7h, equipes de manutenção trabalham para normalização do sistema. Por volta das 9h, no trecho entre as estações Baltazar Fidelis e Luz, a circulação das composições começou a se normalizar.

WERTHER SANTANA/AGÊNCIA ESTADO/AE
Polícia Militar foi acionada para conter os manifestantes na estação da CPTM

Para atender os usuários da região de Francisco Morato. Botujurú e Campo Limpo, a CPTM acionou o Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese) e ônibus fazem o trajeto com ponto inicial na Estação Caieiras.

Problemas

No dia 14 deste mês, um problema elétrico na Linha 9-Esmeralda e panes técnicas nas linhas 1-Azul e 3-Vermelha geraram atrasos na circulação de trens e acúmulo de passageiros nas plataformas. Internautas chegaram a compartilhar imagens de filas e trens lotados .

Falhas nas linhas da CPTM e do Metrô prejudicam usuários em São Paulo

Quase 200 mil pessoas foram afetadas pelas falhas nesta manhã. Segundo o Metrô, nas duas linhas afetadas, a Linha 1-Azul e Linha 3-Vermelha, cerca de 165 mil usuários foram prejudicados. Já na CPTM, foram afetados cerca de 30 mil usuários da Linha 9-Esmeralda.

    Leia tudo sobre: falha técnicatremlentidãocptmpane elétricaviolênciafrancisco morato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG