Instituto Royal volta a ser invadido e depredado

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Grupo de 40 pessoas encapuzadas rendeu três vigias, pichou muro, depredou carros e libertou camundongos

Cerca de 40 pessoas encapuzadas invadiram o Instituto Royal, em São Roque, na madrugada desta quarta-feira. De acordo com a delegacia local, o grupo rendeu três vigias e libertou camundongos, embora não os tenha levado.

Luisa Mell nega participação em nova invasão do Royal: “a culpa é do governo"

Agência Brasil
Instituto Royal em São Roque (SP)

De acordo a delegacia, a invasão aconteceu às 3h. Munidos de facas, alicates e até machados, os invasores renderam três vigias, que, antes de terem os documentos roubados, sofreram a ameaça de serem queimados. O grupo pichou o instituto com as letras “ALF” e depredou três carros e uma moto.

Leita também: Ativistas libertam cães usados em pesquisa

Mais: Instituto Royal encerra atividades em São Paulo

A Polícia Militar foi acionada, mas não havia suspeitos quando a viatura chegou. Até o momento, ninguém foi preso.

Portas foram arrombadas para que o grupo tivesse acesso ao local em que eram mantidos ratos e camundongos, que foram soltos, mas não levados.

O instituto foi invadido pela primeira vez no dia 18 de outubro, ocasião em que 178 cães da raça beagle e alguns coelhos foram “resgatados”. Na semana passada, o laboratório anunciou o encerramento das atividades por "falta de segurança".

Leia tudo sobre: igspinstituto royalgrupoencapuzadosbeaglescamundongos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas