Líder de movimento grevista dos bombeiros é levado para Bangu 1

Benevenuto Daciolo foi preso após divulgação de escutas telefônicas em que aparecia negociando e incitando paralisação

iG Rio de Janeiro |

O cabo Benevenuto Daciolo, do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro, foi transferido na madrugada desta quinta-feira (9) para o presídio Bangu 1, no Complexo Penitenciário de Gericinó , na zona oeste da capital fluminense. Ele é um dos líderes do movimento organizado pelos bombeiros por melhores salários e foi preso na noite de quarta-feira (8) quando desembarcava no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, vindo de Salvador (BA).

Leia também: Líder do movimento grevista dos bombeiros é preso no Rio

Agência Estado
Benevenuto Daciolo foi preso na noite de quarta-feira no Rio de Janeiro (Foto de arquivo)
A prisão de Daciolo ocorreu poucas horas depois de o “Jornal Nacional”, da TV Globo, exibir gravações telefônicas em que o bombeiro discutia com interlocutores as negociações da greve de policiais militares e bombeiros prevista para começar na sexta-feira (10). Em uma das escutas, uma mulher diz ao cabo que grevistas na Bahia não devem fechar o acordo com o governo para que a paralisação no Rio não perca força.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, Daciolo foi transferido para o presídio Bangu 1 por questões de segurança. Ele estava no Quartel General da corporação e havia a possibilidade do local ser invadido, como ocorreu em junho do ano passado . O cabo está preso administrativamente por crime militar por 72 horas até que a Justiça decrete sua prisão preventiva.

Confira o trecho de uma das escutas telefônicas:

Mulher: Daciolo, Daciolo, presta atenção. Está errado fechar a negociação antes da greve do Rio...

Daciolo: Tudo bem, tudo bem... sabe o que vou fazer agora??? Ligue para ele que eu vou embora daqui, não vou ficar mais aqui.

Mulher: Eles não querendo que você avalize um acordo antes da greve do Rio. Depois da greve do Rio, muda tudo. Sabe como você vai ajudar eles? Voltando para o Rio, garantindo aqui. O governo vai fazer uma propostinha rebaixada para vocês, vai melhorar um pouquinho esse negócio que eles colocaram. E acho... se vocês garantirem a greve aqui, a mobilização aqui, vocês vão ajudar eles a liberar o Prisco, a ter uma negociação.

Cópias das gravações

O governador fluminense, Sérgio Cabral , solicitou ao governo baiano Jacques Wagner que envie cópias de todas as gravações que tenham tido como interlocutor Daciolo ou qualquer outro servidor do Estado do Rio de Janeiro.

Em nota, o governo diz considerar atos como estes, se deflagrados, colocariam em risco a ordem pública. O objetivo de Cabral é que sejam tomadas as providências cabíveis para a manutenção da ordem pública no estado. Confira a íntegra da mensagem de Sérgio Cabral:

"Prezado Governador Jacques Wagner,

Tomei ciência pelo Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão, que o bombeiro militar do Estado do Rio de Janeiro, cabo Benevevuto Daciolo, manteve conversas telefônicas, gravadas com autorização da Justiça, com diversos interlocutores, nas quais planejava estratégia de deflagração de atos grevistas no meu Estado que, se deflagrados, colocariam em risco a ordem pública. A fim de que eu possa tomar as providências cabiveis para a manutenção da ordem pública no Estado do Rio de Janeiro, solicito que me sejam enviadas cópias de todas as gravações que tenham tido como interlocutor o bombeiro militar acima referido ou qualquer outro servidor do Estado do Rio de Janeiro. Agradeço desde já a colaboração do Estado da Bahia na manutenção da ordem pública no Estado do Rio de Janeiro".

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) deve votar às 11h de hoje (9) o Projeto de Lei 1.184/12, que trata de aumento concedido a servidores da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros e de agentes penitenciários. O texto seria votado na última terça-feira (7), mas foi retirado de pauta após receber 78 emendas.

    Leia tudo sobre: grevepoliciais militarespmsbombeirosparalisação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG