Major PM Luís Augusto Pacheco Ambar revela através de imagens a estreita relação entre o homem e o animal e mostra como essa conexão transforma a dupla em uma única força, assim como a figura mitológica, o Centauro

Capa do livro do Major Luis Augusto Pacheco Ambar
Major Luis Augusto Pacheco Ambar
Capa do livro do Major Luis Augusto Pacheco Ambar

Major PM Luís Augusto Pacheco Ambar lançou na noite dessa quinta-feira (25) o livro "Centaurus Dressage". O evento de lançamento aconteceu no salão nobre da Hípica Paulista, local mais do que apropriado, já que o tema da publicação é a cumplicidade que existe entre os homens e os cavalos.

Leia também: Uma foto vale mais do que mil tiros. Quase sempre

"Sou oficial da cavalaria e sempre participei da vída hípica e de competições da modalidade. Então, comecei a fotografar cavalos  nos eventos de adestramento, no cotidiano das hípicas e no quartel da Polícia Militar", revelou o Ambar.

Leia também: Comandos e Operações Especiais - Conheça a tropa de elite da PMSP

Oficiais do Regimento de Cavalaria que foram prestigiar o lançamento do livro do Major Ambar ( ao centro de preto), ao seu lado, o ex-comandante do Regimento da Cavalaria 9 de Julho e atual Comandante da Polícia Militar Ambiental, Alberto Sardilli. Evento foi realizado no salão nobre da Sociedade Hípica Paulista
André Jalonetsky
Oficiais do Regimento de Cavalaria que foram prestigiar o lançamento do livro do Major Ambar ( ao centro de preto), ao seu lado, o ex-comandante do Regimento da Cavalaria 9 de Julho e atual Comandante da Polícia Militar Ambiental, Alberto Sardilli. Evento foi realizado no salão nobre da Sociedade Hípica Paulista

De acordo com o Major, o projeto do livro começou ainda em 2013 no Regimento de Polícia Montada 9 de Julho, onde o Policial Militar e fotografo trabalha no seu dia-a-dia. "A ideia desta obra é contar a relação não só esportiva, mas também de tudo que está por trás disso, como os tratadores, médicos, professores, cavaleiros. Mostrar muito mais do que competições, trazer também os preparos e cuidados com os animais, desde o nascimento até chegar a uma prova de alta performance", conta o Major.

Fotografo premiado, o PM que ainda compete como cavaleiro, diz que as imagens do livro vão trazer com muita clareza a ligação que existe entre os homens e os cavalos. Daí vem o nome do livro que traz Centauro, a criatura mitológica que mostra a união física entre o homem e o animal em sua essência. Já o Dressage deriva do verbo francês dresser, que significa adestramento. 

Para conhecer mais sobre o “Centaurus Dressage" e adquirir um exemplar da edição limitada, mande um email para: ambardressage@hotmail.com

Leia também: Equoterapia: Conheça essa incrível iniciativa feita pela Polícia Militar de SP

Major Ambar recebeu seus convidados para o lançamento do livro no Salão Nobre da Hípica Paulista
Divulgação
Major Ambar recebeu seus convidados para o lançamento do livro no Salão Nobre da Hípica Paulista


"Choque - Missões Singulares"

O primeiro livro de arte Ambar, "Choque - Missões Singulares",  contém 222 de fotos incríveis, distribuídas em 200 páginas, impressas em papel de alta gramatura, que retratam com precisão a vida e o espírito dos homens e mulheres que servem nos cinco Batalhões de Choque do Estado de São Paulo. São imagens de tirar o folego!

O Coronel Nivaldo Cesar Restivo, Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, resume a obra da seguinte forma: “O Policiamento de Choque reúne algumas das mais especializadas, difíceis e gratificantes funções atribuídas a um órgão de Segurança Pública. Com esse livro, buscamos apresentar alguns momentos de nossas intervenções, uma obra para ser vista, apreciada e protegida como parte da nossa memória institucional.”.

Ao perguntar ao Major como ele concilia o trabalho de Policial com a fotografia, ele respondeu: “As duas atividades possuem elementos muito parecidos. Como qualquer Policial Militar, preciso ter uma noção apurada do tempo e espaço ao meu redor, processar múltiplas informações, filtrar as mais relevantes e tomar decisões instantâneas, sem margem de erro. A fotografia demanda estas mesmas qualidades: olhar atento aos detalhes, persistência e paciência em esperar o momento ideal para agir.”

Veja algumas imagens do livro "Centaurus Dressage":


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.