Vitória
Reprodução
Vitória

Os candidatos Delegado Pazolini (Republicanos) e João Coser (PT) seguem na disputa e vão se enfrentar no segundo turno na eleição a prefeito de Vitória.

Com 100% das urnas apuradas, Pazolini teve 30,95% dos votos, e Coser, 21,82%. Gandini (Cidadania), ficou em terceiro; Capitão Assumção (Patriota), em quarto; Mazinho (PDC), em quinto; Neuzinha (PSDB), em sexto; Sérgio Sá (PSB), em sétimo; Coronel Nylton (Novo), em oitavo; Gilbertinho Campos (PSOL), em nono; Halpher Luiggi (PL), em décimo; Namy Chequer (PCdoB), em 11º; Fábio Louzada (MDB), em 12º; Raphael Furtado (PSTU), em 13º e Eron Domingos (PRTB), em 14º.

Mais de 250 mil eleitores foram às urnas neste domingo (15).

Advogado, Coser foi membro fundador do PT na década de 1980. Desde 1987 já foi eleito por duas vezes deputado estadual e por duas vezes deputado federal. Em 2004, elegeu-se prefeito de Vitória e repetiu  em 2008.

Já é formado em Direito e já foi auditor do Tribunal de Contas. Hoje é delegado da Polícia Civil e ficiu conhecido na época em que atuou como titular da Delegacia Proteção à Crianças e Adolescentes (DPCA). Atualmente é deputado estadual.

Como no segundo turno há somente dois candidatos, aquele que receber mais votos automaticamente atenderá ao critério constitucional de obter a maioria absoluta dos votos válidos para assumir cargo executivo.

    Veja Também

      Mostrar mais