Votação para apoiar Eduardo Leite foi apertada e desagradou caciques da legenda no estado
Divulgação/Maicon Hinrichsen - 09/03/2022
Votação para apoiar Eduardo Leite foi apertada e desagradou caciques da legenda no estado

Mesmo com a resistência de caciques e um impasse que levou meses, o MDB gaúcho aprovou neste domingo (31) em convenção o apoio à reeleição do ex-governador Eduardo Leite (PSDB). Com isso, o deputado estadual Gabriel Souza (MDB) retirou seu nome da disputa e deve ser o indicado a vice de Leite. O acordo era uma exigência do PSDB em troca do apoio a candidatura presidencial da senadora Simone Tebet (MS).

O resultado foi apertado: 239 votos favoráveis contra 212 pela candidatura própria. A convenção ainda registrou 18 nulos e 4 brancos, contabilizando 473 votos.

Agora, a tendência é que o PSDB indique o vice da senadora. A preferência de Tebet sempre foi pelo senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), a quem descreve como uma espécie de conselheiro. Nas últimas semanas, Tasso estava reticente e havia dito a pessoas próximas que estava incomodado com os rumos da campanha, que ainda não decolou nas pesquisas de opinião. De acordo com o último levantamento do Instituto Datafolha, Tebet aparece com 2% das intenções de voto.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o perfil geral do Portal iG

A aprovação da aliança com Leite foi alvo de contestação interna. Líderes do MDB como o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, o ex-ministro Osmar Terra e os ex-governadores José Ivo Sartori e Pedro Simon votaram contra Leite no evento e foram embora como forma de protesto.

É a primeira vez que o MDB não tem candidato próprio naquele estado desde a redemocratização.

Assim como é inédito o apoio do PSDB a uma candidatura presidencial de outro partido no primeiro turno desde sua fundação Leite e Souza foram aliados ao longo da última gestão do ex-governador. O deputado era o então presidente da Assembleia Legislativa durante a gestão do mais jovem governador da história do estado e pautou e ajudou a formar maioria na Casa para aprovar diversas reformas no estado. Essas medidas permitiram ao governo colocar as contas em dia e acabar com os atrasos no pagamento dos servidores.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários