Deputado Eduardo Bolsonaro
Cleia Viana/Câmara dos Deputados - 20.03.2020
Deputado Eduardo Bolsonaro

O Conselho de Ética da Câmara abriu um processo disciplinar contra o deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP), filho do presidente da República, por uma publicação feita no mês passado no qual ele debochou da tortura sofrida pela jornalista Míriam Leitão, colunista do GLOBO, durante a ditadura militar.

Na época, o filho do presidente escreveu: “Ainda com pena da cobra”, numa referência a um dos métodos empregados pelos torturadores da jornalista.

As representações contra Eduardo foram apresentadas pelos partidos PCdoB, Rede, PSOL e PT. As siglas pedem a cassação do mandato de Eduardo.

Durante a sessão do Conselho desta quarta, o Parlamentar não compareceu. Ainda não foi escolhido o relator do caso.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários