Nota oficial do Ministério ressalta que a decisão foi tomada
Reprodução/redes sociais
Nota oficial do Ministério ressalta que a decisão foi tomada "com base em informações das forças de segurança" do governo

O governo da Eslováquia anunciou a expulsão de 35 diplomatas russos que atuavam no país nesta quarta-feira (30).

"Com base no artigo 11 da Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas, a Eslováquia decidiu reduzir o pessoal da Embaixada da Rússia em Bratislava em 35 pessoas e, assim, determinar o número máximo de portadores de passaporte diplomático e de serviço nesta missão diplomática", escreveu o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores do país, Juraj Tomaga.

Já a nota oficial do Ministério ressalta que a decisão foi tomada "com base em informações das forças de segurança" do governo sobre as "atividades desenvolvidas por diplomatas russos que violam a Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas".

O comunicado não detalha as motivações, mas diz que a atuação desses profissionais "está em conflito" com as regras internacionais e que eles estão complicando o desenvolvimento das parcerias entre as duas nações.

"Nesse contexto, lamentamos que, após as expulsões anteriores de diplomatas russos nos últimos dois anos, a missão diplomática russa não tenha demonstrado interesse em atuar de maneira correta em nosso território", ressalta o documento lembrando da expulsão de dois representantes em 2020 e 2021 suspeitos de espionagem.

Leia Também

A nota ainda ressalta que espera que "o fim imediato da guerra na Ucrânia" e a retomada das atividades "sob princípios usuais" dos diplomatas russos em seu território "permitirão a reconstrução das relações com base no respeito mútuo e na cooperação mutuamente benéfica".

O país notificou formalmente o embaixador russo na capital da decisão.

A medida anunciada por Brastislava se une aos dezenas de representantes russos expulsos nas últimas semanas por governos de diversos países europeus por conta da guerra na Ucrânia, incluindo os três Países Bálticos, Bélgica, Países Baixos e Irlanda.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários