Cris Monteiro e Janaína Lima
Monagem iG
Cris Monteiro e Janaína Lima

O Partido Novo expulsou a vereadora Janaína Lima  após uma briga entre ela e a vereadora Cris Monteiro em uma sessão da Câmara de São Paulo, em novembro do ano passado. A legenda também suspendeu Cris por um ano.

A discussão aconteceu durante a votação da reforma da previdência municipal. Cris Monteiro registrou um boletim de ocorrência contra Janaína por agressão no banheiro do plenário. Elas já trocavam farpas antes do ocorrido por discordância pelo tempo de fala de cada uma.

Cris afirmou ter sido enforcada pela colega de partido e publicou fotos com os machucados na época. Janaína rebateu e disse que agiu em legítima defesa.

Em nota, Janaína Lima rebateu a decisão do partido e afirmou não ter ido ampla defesa no conselho de ética.

Leia Também

"Recebo com tristeza e sentimento de forte injustiça tal decisão, considerando ter sido tolhido meu direito à ampla defesa, princípio basilar da democracia", afirmou.

"Apenas provas irrefutáveis justificariam tal conclusão, o que não é o caso. Chegou-se a esse resultado sem instrução probatória, de forma inquisidora, sem que me fosse permitida qualquer chance de defesa", concluiu.

A saída de Janaína do Novo não impacta seu cargo como vereadoras. A expulsão, no entanto, deverá impactar votações de interesse do partido, já que contará com um parlamentar a menos em sua bancada.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários