Presidente do PTB no Rio rechaça possibilidade de filiar Queiroz
Reprodução
Presidente do PTB no Rio rechaça possibilidade de filiar Queiroz

O presidente do  PTB no Rio de Janeiro e deputado estadual, Marcus Vinicius Vasconcelos, afirmou que a sigla não irá filiar  Fabrício Queiroz - ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro. Segundo o mandatário, Queiroz "quer parecer jogador caro".

De acordo com o parlamentar, o amigo da família Bolsonaro busca se capitalizar politicamente para testar viabilidade eleitoral. Seu plano é lançar-se candidato a deputado federal.

Para a sua corrida ao Congresso, Queiroz, porém, não terá vida fácil. Na avaliação de Vasconcelos, o ex-assessor não terá apoio nem de bolsonaristas e nem de políticos da base do presidente da República. "Relembra muita coisa ruim", afirma.


No início do mês de janeiro, Queiroz se encontrou com a presidente nacional do PTB, Graciela Nienov, em Brasília. A comandante revelou ao jornalista Guilherme Amado que a conversa havia sido boa e que haveria uma reunião com a cúpula estadual da sigla no Rio de Janeiro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários