Bolsonaro não passará por cirurgia no intestino, afirma jornalista
Reprodução
Bolsonaro não passará por cirurgia no intestino, afirma jornalista

Após chegar a São Paulo na manhã desta terça-feira (04), o médico e cirurgião Antônio Macedo - que acompanha a evolução no quadro clínico do intestino do  presidente Jair Bolsonaro (PL), optou por não operar o mandatário.

Por enquanto, a avaliação do médico é a de que a obstrução no intestino do presidente já se desfez e que, assim, uma intervenção cirurgica está descartada. Confiro pultiml boletim médico divulgado na íntegra:

São Paulo, 04 de janeiro de 2022 – O Hospital Vila Nova Star informa que o quadro de suboclusão intestinal do Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, se desfez, não havendo indicação cirúrgica. A evolução do paciente clínica e laboratorialmente segue satisfatória e será iniciada hoje uma dieta líquida. Ainda não há previsão  de alta.

Direção médica responsável:

Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo – Cirurgião-chefe
Dr. Leandro Echenique – Cardiologista do presidente
Dr. Ricardo Camarinha – Cardiologista da presidência
Dr. Antônio Antonietto – Diretor médico do Hospital Vila Nova Star
Dr. Pedro Loretti – Diretor geral do Hospital Vila Nova Star

Leia Também

Bolsonaro reagiu aos remédios antibióticos que recebeu no hospital Vila Nova Star desde a sua internação, na última segunda-feira (03).

"Comecei a passar mal após o almoço de domingo. Cheguei ao hospital às 03h00 de hoje. Me colocaram sonda nasogástrica. Mais exames serão feitos para possível cirurgia de obstrução interna na região abdominal", explicou Bolsonaro por meio de publicação na sua rede social.


A Secretaria Especial de Comunicação da Presidência (Secom) informou, em nota após a internação do mandatário, que o chefe do Executivo federal, "após sentir um desconforto abdominal, deu entrada no Hospital Nova Star, em São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (3), para a realização de exames".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários