Advogada de médicos que denunciaram a Prevent Senior
Reprodução
Advogada de médicos que denunciaram a Prevent Senior

A advogada Bruna Morato, que representa os médicos que denunciaram a Prevent Senior, disse hoje  durante a CPI da Covid que fazia parte da estratégia da empresa disponibilizar o kit covid para não internar os pacientes em razão do custo.

"É uma estratégia de redução de custos. É muito mais barato disponibilizar um conjunto de remédios do que internar os pacientes", disse a advogada.

Durante a CPI, o vice-presidente da comissão, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), disse que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, está a um passo de ser indiciado pela comissão .

Segundo Randolfe, o ministro precisa garantir a vacinação de adolescentes, medida que chegou a ser suspensa pelo Ministério da Saúde, mas vem sendo aplicada pelos estados. O senador disse ainda que o ministro precisa apresentar o cronograma de vacinação de 2022.

O relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), também criticou o ministro: "Inacreditável a maneira como ele está apegado ao cargo e, com isso, adere às teses malucas do presidente da República."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários