Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)
Alan Santos/PR
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

Nesta segunda-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que ainda não se vacinou contra a Covid-19 e que pode ter contraído a doença pela segunda vez. O mandatário testou positivo para o novo coronavírus em julho do ano passado .

"Eu não tomei a vacina e estou com 991 [de nível de imunoglobulina G, o IgG, um marcador de anticorpos]. Eu acho que peguei Covid de novo e nem fiquei sabendo", disse ele a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília, sem dar mais detalhes sobre essa possível contaminação.

Quando testou positivo pela primeira vez, Bolsonaro disse ter tomado hidroxicloroquina , remédio com ineficácia comprovada contra a Covid-19 e que pode causar efeitos colaterais graves. Na ocasião, o presidente afirmou ter feito o teste para a doença após sentir febre e dores no corpo.

"O médico da presidência, apontando a contaminação por covid-19, fui fazer uma tomografia no hospital. Equipe médica decidiu dar hidroxicloroquina e azitromicina. Como acordo muito durante a noite, depois da meia-noite senti uma melhora, às 5 da manhã tomei a segunda dose e estou me sentindo bem", disse Bolsonaro na época.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários