Oitiva realizada pela Polícia Federal ocorrerá até o próximo domingo (05), de acordo com a deputada federal
Reprodução
Oitiva realizada pela Polícia Federal ocorrerá até o próximo domingo (05), de acordo com a deputada federal

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) foi intimada pela Polícia Federal a depor no âmbito do inquérito das Fake News. A determinação foi realizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes .

De acordo com a deputada, a oitiva deve ocorrer até amanhã, domingo (05). A parlamentar afirmou que vai comparecer ao depoimento mesmo sem ter tido acesso aos autos.

"É certo que, para mim, o mar ficará agitado após essa oitiva, mas nada impedirá que eu mantenha minhas convicções e acredite naquilo que sempre defendi", disse Zambelli por meio de nota enviada à imprensa.

O inquérito das Fake News foi aberto em março de 2019 pelo STF para investigar a existência de notícias falsas e caluniosas bem como ameaças aos membros da mais alta Corte do país. O ministro Alexandre de Moraes é o relator.

Você viu?

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi incluído recentemente como investigado por decisão de Moraes, atendendo a pedido aprovado por unanimidade por ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A medida, segundo o ministro, se deve ao fato de o chefe do Executivo usar artifícios semelhantes aos dos grupos investigados por propagar notícias fraudulentas e ataques pessoais.


O inquérito apura também a atuação de uma rede para organização e financiamento de atos antidemocráticos, que pedem o fechamento do Congresso Nacional e do STF, além da volta do AI-5, ato que endureceu a ditadura militar. Entre os investigados, estão políticos, empresários e blogueiros aliados a Bolsonaro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários