Vice-presidente da República Hamilton Mourão
Foto: Romério Cunha
Vice-presidente da República Hamilton Mourão

Nesta terça-feira, 27, o vice-presidente de República, o general Hamilton Mourão (PRTB), se recusou a comentar a declaração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre ele. Na noite da última segunda, 26, o chefe do Executivo disse que Mourão "atrapalha um pouco, mas tem que aturar".

"Sem comentários", disse o general em entrevista à CNN Brasil, por vídeo conferência. Atualmente, Mourão está no Peru e vai participar da posse do presidente socialista eleito, Pedro Castillo. 

Na noite anterior, Bolsonaro disse, em entrevista à Rádio Arapuan, da Paraíba, que que o cargo de vice é muito importante e que ele pode ajudar na candidatura à presidência, governo ou prefeitura, mas que Mourão, com um independência grande, atrapalhava um pouco seus planos.

“O Mourão faz o seu trabalho, tem uma independência muito grande. Por vezes aí, atrapalha um pouco a gente, mas o vice é igual cunhado, né. Você casa e tem que aturar o cunhado do teu lado. Você não pode mandar o cunhado embora. Então, estamos com Mourão, sem grandes problemas, mas o cargo dele é muito importante para agregar. Dele, não, o cargo de vice é muito importante para angariar simpatias, quer seja para candidatura à Presidência, governador ou prefeito”, disse Bolsonaro.

Em dois anos e meio de governo, Mourão e Bolsonaro se afastaram. O general chegou a dizer, em outra ocasião, que "sente falta" de se reunir com o presidente. Mas, no início deste mês, Bolsonaro já fazia falas críticas a Mourão, como quando disse que “vice bom é aquele que não aparece”.

- Com informações do portal Metrópoles.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários