Senador Omar Aziz (PSD-AM) presidente da CPI da Covid-19
Divulgação/Agência Senado/Edilson Rodrigues
Senador Omar Aziz (PSD-AM) presidente da CPI da Covid-19


O presidente da Comissã de Inquérito Parlamentar (CPI) da Covid-19 , Omar Aziz (PSD-AM), reforçou a importância das alianças no enfrentamento da pandemia da Covid-19 .“Numa guerra, as alianças são feitas, e nós estamos numa guerra".

O senador fez referência à Segunda Guerra Mundial, quando Estados Unidos e União Soviética se uniram contra o fascismo e o nazismo. Para Aziz, o momento é de união , independentemente de partido, alinhamento ideológico, mas estarem todos unidos contra o coronavírus.

"Até para vocês verem que, a aliança que foi feita na segunda guerra mundial, nem todos se amavam. União Soviéticacom os Estados Unidosfizeram uma aliança para combater o mal maior que era o fascismo e o nazismo".

Aziz ainda cutucou o presidente Jair Bolsonaro , sobre o alinhamento político no combate ao vírus. "Nesse momento, a gente querer cirurgicamente encontrar profissionais preparados para fazer o enfrentamento, porque não compactua com a ideia do grande poderoso gestor maior da nação é não querer enfrentar essa guerra".

Você viu?

"Nós estamos aqui na CPI, mostrando ao Brasil que a gente pode enfrentar(a pandemia), independente de cor partidária, independente de qualquer coisa. A história nos ensina que as alianças são feitas para combater o mal maior. E o mal maior que nós temos hoje é um vírus que ceifa a vida de brasileiros e brasileiras”, completou o senador.





    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários