Senador Renan Calheiros, relator da CPI da Covid
Agência Brasil
Senador Renan Calheiros, relator da CPI da Covid

O relator da  CPI da Covid, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) deu início a sua participação na sessão desta terça-feira, 25, com um relato sobre o Tribunal de Nuremberg, que julgou os nazistas alemães da 2ª Guerra Mundial. Para ele, não é possível comparar o holocausto com a pandemia da Covid-19 no Brasil, mas há uma "semelhança tenebrosa" entre marechais do nazismo que se omitiram e alguns depoentes da comissão.

Para Calheiros, a semelhança existe entre "altas autoridades que testemunharam na CPI", sem dizer quais, e o nazista julgado no Tribunal, por ele falar "enaltecendo Hitler, apresentando-se como salvador da pátria, enquanto a história provou que fazia parte de uma máquina da morte".

E completou, sob protestos de senadores governistas: "Trago essa reflexão a essa CPI no momento em que colhemos um depoimento muito importante. Deixo registrado nos anais dessa comissão, inclusive, como alerta para os futuros depoentes: não importa o quanto possam tangenciar aqui, o julgamento da história é implacável", finalizou o Calheiros.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários