Eduardo Pazuello em depoimento na CPI da Covid
Foto: Reprodução/Tv Senado
Eduardo Pazuello em depoimento na CPI da Covid

O ex-ministro Eduardo Pazuello  disse à CPI da Covid, nesta quarta-feira (19), que perguntas "simplórias" nem fosse feitas a ele durante o depoimento. 

O pedido foi feito após o relator Renan Calheiros (MDB-AL) dizer que alguns questionamentos eram mais diretos e, por isso, queria respostas também fossem dessa forma.

"Perguntas simplórias gostaria até que não fossem feitas", afirmou o ex-ministro ao informar que gostaria de contextualizar suas respostas para esclarecer os fatos.

Após a afirmação de Pazuello, o presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), o repreendeu. "Vossa excelência não vai dizer o que temos de perguntar ou não", rebateu.

Apesar de conseguir autorização do Supremo Tribunal Federal (STF) para ficar em silêncio na CPI quando achar que pode ser incriminado, Pazuello falou que vai responder todos os questionamentos. "Vou responder todas as perguntas, sem exceção. Você pode ter certeza que eu não vou ficar repetindo nenhuma palavra. Eu pretendo deixar claro a população brasileira todos os fatos e todas as verdades que aconteceram minha gestão", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários