Paulo Gustavo
Fábio Bartelt
Paulo Gustavo

A morte do ator Paulo Gustavo, vítima da Covid-19, fez com que os internautas discutissem mais sobre saúde e a pandemia na última semana nas redes sociais. Segundo a consultoria .MAP., o tema correspondeu a 35% das manifestações online entre 1º e 7 de maio. A maioria das homenagens ao ator estiveram relacionadas a críticas à gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). As informações são da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

De maneira isolada, 24% das manifestações na internet no mesmo período foram sobre a morte do humorista. O levantamento aponta que a maioria das publicações relacionadas ao falecimento dele, com homenagens e despedidas, foram associadas a críticas a Jair Bolsonaro (sem partido) e à gestão do Governo Federal na pandemia da Covid-19.

“O presidente sentiu o baque ao ser associado à morte de Paulo Gustavo a ponto de ter se manifestado, o que não vinha fazendo na morte de outras personalidades”, afirma o consultor Heron do Carmo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários