Bolsonaro tem o costume de fazer lives semanais às terças-feiras
Reprodução
Bolsonaro tem o costume de fazer lives semanais às terças-feiras

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teve mais quatro vídeos removidos pelo YouTube nesta sexta-feira (23). Os vídeos foram tirados do ar por conta da divulgação de desinformação sobre a Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Na última segunda-feira (23), um outro vídeo de Bolsonaro já tinha sido tirado do ar pela plataforma pelo mesmo motivo.

Todos os novos vídeos removidos nesta sexta são das lives que o presidente faz às quintas-feiras. São os vídeos de 9 de julho de 2020, 26 de novembro de 2020, 10 de dezembro e 11 de fevereiro de 2021.

As remoções acontecem dias após o YouTube atualizar sua política de uso, acrescentando que vídeos que recomendem o uso de hidroxicloroquina ou ivermectina para o tratamento ou prevenção da Covid-19 seriam tirados do ar. Os medicamentos não têm eficácia comprovada contra a doença.

No último dia 16, o YouTube informou que retiraria vídeos com as seguintes coisas:

  • conteúdo que recomenda o uso de ivermectina ou hidroxicloroquina para o tratamento da Covid-19;
  • conteúdo que recomenda o uso de ivermectina ou hidroxicloroquina para prevenção da Covid-19;
  • afirmações de que ivermectina ou hidroxicloroquina são tratamentos eficazes contra a Covid-19;
  • alegações de que há um método de prevenção garantido contra a Covid-19;
  • afirmações de que determinados remédio ou vacinas são uma cura garantida para a Covid-19.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários