Deputado federal, Daniel Silveira (PSL-RJ)
Texto: Ethel Rudnitzki, Laura Scofield | Infográficos: Larissa Fernandes
Deputado federal, Daniel Silveira (PSL-RJ)

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), que atualmente está em prisão domiciliar após divulgar um vídeo em que ameaça ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e defender o AI-5, pensa em disputar a prefeitura de Petrópolis em 2021 e elabora meios de escapar da possível cassação ao seu mandato. As informações foram apuradas pelo O Globo.

Depois das ofensas, Silveira virou réu em um processo no conselho de Ética da Câmara e as chances para sua absolvição são pequenas. Durante sua possível futura campanha, ele espera ter o apoio do presidente Jair Bolsonaro , que até o momento não se manifestou sobre Silveira.

Rubens Bomtempo (PSB), foi o candidato mais votado para assumir a prefeitura de Petrópolis. Porém, ele nem chegou a assumir cargo, pois teve seu registro de candidatura caçado por uma condenação em uma ação civil pública por improbidade administrativa . Desde o início de 2021, a cidade está sendo governada pelo presidente da Câmara Municipal, Hingo Hammes (DEM).

O deputado está contando que as eleições suplementare s devem acontecer ainda este ano pela Justiça Eleitoral. Ele espera que até lá, ele já esteja solto e seu processo no Conselho de Ética ainda vai estar em andamento. Se ele for eleito a prefeito, Silveira espera que se livrará do problema relacionado a sua perda de mandato.

Para a disputa, Silveira espera contar com o presidente Bolsonaro e do deputado estadual Rodrigo Amorim (PSL), parlamentar mais votado de Petrópolis em 2018. Em 2020, a pedidos de Silveira, o presidente do Brasil gravou um vídeo dizendo que apoia o candidato a prefeitura, que tinha apoio do deputado, Elias Montes (PSL), mas ele acabou ficando em quarto lugar na disputa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários